domingo, 29 de janeiro de 2012

Adeus ao Armas

Ontem, o "Armas" ( Volcan de Tijarafe) fez a sua última partida da Madeira para o continente (Portimão).
É o abandono da linha por parte do armador espanhol...uma linha que contribuía em grande medida para amenizar um pouco mais a insularidade madeirense, quer ao nível do transporte de pessoas e viaturas privadas, quer especialmente ao nível do transporte de mercadorias e bens de primeira necessidade que tinham neste meio de transporte uma forma bastante mais expedita e barata de cá chegarem.

É, sem dúvida, uma perda bastante grande para a maioria da população madeirense (não para todos, como é óbvio mas isso, já são outras "estórias"....)
Muito tem sido dito acerca de toda esta situação.
O que é certo é que, numa altura em que o IVA e outros impostos se preparam para subir e muito na região, a saída deste operador das viagens para a Madeira vem encarecer ainda mais o transporte para a região de tantas coisas essenciais.
O que ressalta daqui é certamente a inflexibilidade do Governo Regional em acertar um entendimento com o  operador, relativamente às taxas portuárias.
Esta situação poderá beneficiar alguém mas, certamente que não os madeirenses em geral...

Ficam algumas fotos...



A imagem da semana vai mais uma vez para os navios com um toque extra de photoshop, pouco habitual nas minhas fotos mas que, neste caso, optei por fazer para dar um ar de misto foto/pintura, já que se trata de um momento para a história da Região (e não pelos melhores motivos...)

Um comentário:

  1. Fiz duas viagens justamente nesse navio (Portimão Funchal). Apesar de terem sido feitas num caldo de emoções muito forte e quase dramático, recordo-as com saudade... Na imensidão do mar, pensamos com largueza sobre os nossos dias!

    ResponderExcluir