quarta-feira, 8 de julho de 2009

Leituras

Há dias, enquanto fazia as compras no Hiper, não resisti a passar na secção de livraria, para dar uma vista de olhos a ver o que havia.

Após uma vista de olhos rápida a um ou outro título, deparei-me com o "Munique", de George Jonas.
Foi o livro que deu origem ao filme de Spielberg, acerca da operação israelita, que se seguiu após o conhecido ataque terrorista nos Jogos Olímpicos de Munique.
Li algumas páginas e apesar de não o ter comprado, ficou-me registada como a mais provável próxima compra, no que toca a literatura.


Confesso que foi uma temática que sempre me interessou.
A curiosidade em relação à temática e às operações da Mossad em geral surgiram-me com as primeiras leituras acerca da operação de captura de Adolf Eichman e espevitadas nestes últimos tempos, pela leitura dos livros do Daniel Silva e do seu "herói", Gabriel Allon que, com o desconto devido ao facto de serem apenas romances, têm o mérito de serem escritos com bastante conhecimento de causa e um background histórico bastante sólido.

De qualquer forma, uma das razões que me levou a deixar a compra para mais tarde foi o facto de ainda estar a ler um livro que a minha irmã me emprestou:

"Nunca me esqueças", de Lesley Pearse.
À primeira vista tem um título e capa com ar de história de amor muito melosa e chata mas, acaba por ser uma história extremamente interessante acerca dos primórdios da colonização da Austrália e dos seus primeiros colonos, os condenados ao desterro...

2 comentários:

  1. olá
    caso gostes do tema «resgates», tens um livro muito interessante (e pouco conhecido) «made in Portugal» chamado Operação Mar Verde...
    amg

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar nessa Operação mas, nunca li muito pormenores acerca da mesma.
    Será concerteza uma leitura interessante.
    Obrigado pela dica ;)

    ResponderExcluir